Menu Close
Perguntas Frequentes

Se trata de una aplicación que debe utilizarse en conjunto con el sensor para efectuar el examen de Monitoreo Digital de la Apnea del Sueño.

Los pacientes que necesitan el diagnosticó de si tienen Apnea del Sueño y los que están en tratamiento por apnea para monitorear la evolución de su enfermedad.

No, Biologix es una plataforma destinada a efectuar el monitoreo digital de la apnea del sueño. Para tratamiento, consulte a un profesional de la salud.

Diagnosticamos la apnea del sueño con base en la oximetría. Cuando el paciente hace una pausa en la respiración, característica principal de los eventos de apnea, el nivel de oxígeno en su sangre baja. Nuestra solución detecta dichas caídas y, tomándolas en cuenta, calcula el IDO (Índice de Desaturación de Oxígeno). Con base en los datos de nuestro estudio para validación de la solución y la literatura sobre apnea del sueño, adoptamos valores de referencia para clasificar el resultado obtenido como normal, apnea liviana, moderada o severa.

Não, o Biologix apresenta somente o IDO (índice de dessaturações de oxigênio), que é o indicador de ocorrência de apneia do sono.

Sim, é preciso que o smartphone esteja conectado à internet para iniciar e finalizar o exame.

Significa saturação de oxigênio periférica medida com oxímetro de pulso, que mede a quantidade de oxigênio no sangue.

Significa frequência cardíaca é representada pelo número de vezes que o coração bate por minuto, seria um indicador do trabalho cardíaco.

Significa índice de perfusão (Perfusion Index), um indicador de intensidade do sinal do sensor Oxistar. Um PI muito baixo dificulta o cálculo da FC e da SpO2, portanto para um correto funcionamento do sensor é desejável um PI maior do que 0,8%. Condições clínicas como hipotermia, vasoconstrição, hipovolemia, doença vascular periférica e anemia podem fazer com que o PI seja baixo, impossibilitando o cálculo de SpO2 e FC.

É recomendável que a bateria seja recarregada por 2 horas antes do uso para não correr o riso da carga acabar durante o exame.

Não, o sensor Oxistar não funciona enquanto sua bateria está sendo carregada.

O sensor Oxistar liga quando é colocado no dedo e desliga ao ser retirado do dedo depois de alguns segundos.

O sensor deve ser colocado no dedo com o lado das luzes indicadores voltadas para o lado da palma da mão. A ponta do dedo deve encostar no fundo do sensor, e a fita adesiva fornecida com o kit deve ser utilizada para fixar o sensor no dedo, evitando que caia durante o exame.

Não tem problema, e não é necessária nenhuma ação no aplicativo, ao recolocar o sensor no dedo o exame é retomado normalmente, desde que não ultrapasse 30 minutos sem o sensor.

Sim, o sensor pode ser compartilhado, porém o uso do aplicativo é individual. Cada usuário deve criar uma conta com seu cpf no aplicativo Biologix, caso contrário o resultado do exame será salvo com os dados de outra pessoa, comprometendo o diagnóstico e o tratamento realizado pelo profissional da saúde.

Tras concluirse el examen, su resultado se hace automáticamente disponible para el centro acreditado. Por lo tanto, apenas termine el examen, el paciente debe ir al centro acreditado para restituir el sensor y recibir el resultado.

Sim, é possível compartilhar a versão para impressão do exame através de redes sociais ou e-mail. Para isso, é necessário solicitar a liberação do exame pelo centro credenciado e em seguida acessar o aplicativo Biologix na aba de “meus exames”.

En el resultado del examen figuran informaciones de registro, periodo en el cual se efectuó el examen, condiciones en la noche del examen, cuestionario y resultados de acuerdo con los parámetros del examen Biologix (oximetría, frecuencia cardíaca, movimientos de manos y ronquido).

Inmediatamente tras concluirse el examen en la aplicación.

O exame só é gerado se a duração dele for de pelo menos 4 horas com dados válidos. caso contrário essa noite não será considerada, e você poderá fazer outro exame.

É normal que o IDO varie de uma noite para outra, pois os eventos de apneia são altamente impactados por algumas condições, tais como a posição do paciente, o nível de cansaço, a quantidade de tempo de sono, entre outras. Porém, na maioria dos casos, a variação no valor do IDO de uma noite para outra não é elevada a ponto de mudar a classificação dada à apneia do paciente (normal, leve, moderada ou acentuada). Isso é mais recorrente nos casos em que o valor do IDO está próximo à fronteira entre duas classificações. Assim, o especialista será sempre o responsável por fazer a análise dos resultados do exame e, junto aos sintomas associados descritos pelo paciente, apresentar a melhor solução para o problema de cada indivíduo.

Sua dúvida não foi respondida acima?

Receba o contato do nosso consultor