Menu fechado

Tag: bruxismo

A importância do sono para a saúde bucal

O corpo humano é uma máquina viva e complexa, que funciona dia e noite. Como sabemos, ele precisa descansar em alguns momentos e por isso deve-se saber sobre a importância do sono para a recuperação e manutenção dos sinais vitais.

Até mesmo a higienização bucal está relacionada à saúde, de uma forma geral, pois a alimentação passa pela boca e chega ao sistema digestivo, aproveitando todas as vitaminas e minerais.

Para que uma pessoa tenha uma qualidade de vida benéfica e esteja com a autoestima elevada, é possível associar o descanso merecido com um sorriso bonito estampado no rosto.

Profissões podem interferir na saúde corporal

A produtividade de um profissional está relacionada com a sua saúde, nos mais diferentes aspectos da vida. Por isso as empresas devem respeitar as horas de descanso e oferecer benefícios para que cada um possa trabalhar de forma produtiva e saudável.

Oferecer um salário compatível com o mercado e um convênio dental pode ser o começo de uma parceria entre empresa e funcionário que pode durar um longo período, desde que ambas as partes estejam de acordo e satisfeitas.

Para as pessoas que atuam no período noturno, por exemplo, o tempo de adaptação do corpo humano pode levar algum tempo, e o sono interfere na própria saúde bucal, levando em consideração que todo o sistema digestivo precisa se adaptar a novos horários e hábitos.

Problemas com saúde bucal interferem no sono

A vida profissional pode refletir na forma como o corpo se adapta às mais diferentes situações em que um profissional é colocado.

No entanto, alguns hábitos podem interferir no sono no cotidiano das pessoas e ser percebido apenas durante a visita a uma clínica especializada utilizando o plano odontológico pessoa física.

Um dentista pode identificar que o paciente está respirando errado, e isso interferir nas noites de sono, provocando ronco ou até mesmo a apneia obstrutiva do sono. Essa obstrução atinge a garganta, provocando pequenas paradas da respiração.

A saúde bucal fica prejudicada por causa da falta de saliva, deixando a boca seca e com possibilidade de aparecimento de cáries nos dentes.

Os convênios odontológicos e médicos possuem uma carteira de profissionais que podem ajudar a corrigir problemas relacionados ao sono e que interferem também na saúde bucal. O encaminhamento pode ser feito por qualquer profissional, desde que o tratamento seja o mais adequado possível.

Tratamentos dentários podem afetar o sono

O uso de medicamentos durante um tratamento dentário pode influenciar no sistema nervoso do corpo humano, deixando ele relaxado por mais tempo que o necessário que o corpo humano necessita.

Por isso, é preciso conversar com o dentista quando o paciente utiliza o convênio dentário para realizar uma remoção de dente, ou para um tratamento de canal, em que os remédios utilizados são potentes e necessários.

A sonolência pode aparecer durante a aplicação de um anestésico, dependendo da quantidade utilizada e do nível de estresse do paciente. Se for preciso uma quantidade acima da média, isso pode afetar o sono por um longo período, se estendendo de um dia para o outro.

Cabe ao profissional dosar na medida certa a quantidade, para que o paciente não sofra nenhum tipo de dor enquanto os procedimentos odontológicos são realizados. A receita médica também deve ser preparada para que os remédios sejam ingeridos dentro de um período apropriado, até a última dose.

Sistemas do corpo trabalham em conjunto

Uma boa noite de sono não afeta apenas a saúde bucal, mas todos os sistemas do corpo humano, sendo que há alguns que se beneficiam enquanto a pessoa descansa, entre eles:

  • Respiratório;
  • Digestório;
  • Circulatório;
  • Imunológico.

Vale destacar que o sistema digestório também é muito importante para todo o corpo humano por causa da absorção de nutrientes em forma de vitaminas, proteínas e sais minerais presentes nos alimentos que são ingeridos.

Por isso a saúde bucal deve ser levada a sério em todos os momentos, já que a boca e a faringe não estão em pleno funcionamento durante o sono, mas o estômago, o intestino delgado e o grosso fazem seu trabalho de forma conjunta e eficiente, desde que não haja nenhum problema.

Quando se pensa em saúde bucal, é bom lembrar que os dentes fazem a digestão mecânica triturando os alimentos na boca, e então ocorre a digestão química, em que os alimentos passam pelas enzimas.

Sem uma saúde bucal apropriada, as glândulas salivares, a vesícula biliar, o pâncreas e o fígado podem ter o funcionamento alterado, causando problemas estomacais, entre outros, que podem prejudicar o corpo humano de forma geral.

É necessário consumir alimentos leves durante o período noturno, evitar exageros no consumo de açúcar e bebidas alcoólicas para assim ter uma noite de sono tranquila e na manutenção de um corpo saudável.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Ideal Odonto, empresa especializada em planos odontológicos com atendimento acessível para devolver o sorriso dos pacientes.

Receba o contato do nosso consultor