Menu Close

Aparelho intraoral (AIO)é eficaz na apneia posicional (AP)?
Quando devo associá-lo com faixa posicional (FP)?

Por Dr. Walter Silva Júnior

A escolha de um tratamento deve ser guiada por várias informações; fatores preditivos como IMC, saturação de oxihemoglobina, IAH e presença de comorbidades auxiliam na indicação. 

Outra ação relevante é explanar detalhadamente as opções terapêuticas; desse modo pode-se verificar a preferência do paciente, ítem extremamente importante para a adesão e, por conseguinte, controle da doença.

O artigo de hoje, conduzido pela equipe do prof. holandês Nico De Vries, avaliou se pacientes com AP respondem bem ao AIO. AP é definida quando o índice de apneias em posição supina é, no mínimo, o dobro das que ocorrem em outras posições.

Dos 96 participantes, 64 (67%) tinham AP. O resultado mostrou que o AIO foi tão eficaz quanto no grupo de não-supino alcançando sucesso em 86% dos casos (a maioria dos pacientes tinha apneia moderada ou acentuada).

Os autores salientam que a terapia combinada com FP deve ser utilizada em pacientes que permanecem com IAH elevado em supino.

Receba conteúdo em primeira mão

É bom lembrar que as polissonografias tipos 1 e 2 (e com menos incidência a tipo 3), podem “induzir” o paciente a dormir em supino (fios, faixas, sensores e dispositivos geram dificuldades para certas pessoas de dormirem como normalmente fazem). A polissono tipo 4 é a que menos incomoda. Portanto é necessário observar se a posição supina é a que o paciente faz uso regularmente, sem a interferência de equipamentos.

Em nossa clínica, avaliamos a presença (ou persistência) de AP associando AIO e FP; essa combinação é checada pela análise da oximetria e ronco.

Position‐dependent obstructive sleep apnea and its influence on treatment success of mandibular advancement devices
Pien F. N. Bosschieter et al.
Sleep and Breathing, 2019
.

Por Dr. Walter Silva Júnior
Dentista do Sono certificado pela American Board of Dental Sleep Medicine
Doutor em Sono pelo HRAC USP/Bauru
Site: http://www.institutowaltersilva.com.br/
Instagram: @walter_silva_odontologiadosono

O EXAME DO SONO BIOLOGIX

O diagnóstico da apneia obstrutiva do sono é simples é necessário.

O Exame do Sono Biologix é uma polissonografia remota com polissonogramas tipo 4, com canais de saturação de O2, frequência cardíaca, actimetria e ronco (usando o microfone do celular). Um exame para ser realizado em casa, simples e fácil de usar. Usado por profissionais da saúde para diagnóstico e acompanhamento de tratamento da apneia do sono.  Na hora de dormir, basta colocar o sensor no dedo e iniciar o exame no App Biologix. Ao acordar clicar em concluir exame e imediatamente o resultado estará disponível no portal de exames.

Baixe gratuitamente o e-book:

Compartilhe este conteúdo:

Veja também

Você será redirecionado ao Whatsapp.
Por favor, selecione uma das opções abaixo:

Receba o contato do nosso consultor