Menu fechado

Tag: oximetria

Questões essenciais em Odontologia do Sono: tópicos discutidos com o paciente
Quais as questões mais difíceis de se discutir com os pacientes?

A terceira e última pergunta elaborada pela American Academy of Dental Sleep Medicine e publicada em artigo especial do Journal of Dental Sleep Medicine (JDSM) é:

QUAIS AS QUESTÕES MAIS DIFÍCEIS DE SE DISCUTIR COM OS PACIENTES? COMO VOCÊ ABORDA ESSES TÓPICOS?

Um dos ítens elencados foi a adesão. É imprescindível a colaboração do doente em utilizar o Aparelho Intraoral (AIO) todas as noites (ou dias, se o mesmo for trabalhador de turno) para obter o efeito terapêutico. Fazer analogia com o óculos, que só funciona quando em posição, pode ajudar na compreensão.

Outro tópico destacado pelo grupo de colegas selecionados pelo JDSM foi o controle de peso. O sobrepeso/obesidade são, reconhecidamente, facilitadores e potencializadores da Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS). Mas a abordagem deve salientar os benefícios que a perda de peso irá proporcionar, seja no sono como na saúde geral.

Receba conteúdo em primeira mão

A utilização da oximetria, um dos métodos mais práticos e confiáveis de avaliar o risco da SAOS, é também uma boa pedida. Mostrar a melhora da saturação em exame realizado no ambiente do próprio paciente, sem fios ou cintas, e com laudo emitido por médico habilitado, gera uma confiança extra, estimulando-o a aderir ainda mais ao tratamento.

Por fim, enfatizar o amplo benefício do AIO, a importância do retorno periódico (seja para checar se o tratamento se mantém adequado como para observância e intervenção em possíveis efeitos deletérios) contribuirão para um binômio “ganha-ganha”, essencial em qualquer terapia.

Perspectives on communicating with patients.
Special Article 1.
J Dent Sleep Med. 2021;8(1).

Por Dr. Walter Silva Júnior
Dentista do Sono certificado pela American Board of Dental Sleep Medicine
Doutor em Sono pelo HRAC USP/Bauru
Site: http://www.institutowaltersilva.com.br/
Instagram: @walter_silva_odontologiadosono

A Biologix oferece uma plataforma online que permite que profissionais de saúde ofereçam a seus pacientes um exame de apneia do sono simplificado e de baixo custo. A solução é baseada em sensores vestíveis, aplicativos e computação na nuvem.

É de extrema importância o diagnóstico da Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) utilizando a polissonografia como método. Uma opção é o Exame do Sono Biologix, uma polissonografia tipo IV, um exame para se fazer em casa, simples, prático e eficaz, sem a necessidade de dormir em um laboratório do sono.

Saiba mais sobre a nossa solução aqui.

Baixe gratuitamente o e-book:

Menopausa e Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono
Entenda como o sono da mulher é afetado na menopausa

A insônia é o distúrbio de sono mais frequente na pós-menopausa, em decorrência de alterações hormonais, estados depressivos relacionados a este período da vida. As mulheres nessa fase apresentam maior latência para o sono, dificuldade de manutenção do sono e, portanto, mais insônia, quando comparadas àquelas na pré-menopausa. Shaver e Zenk relatam que os distúrbios do sono no climatério estão relacionados a sintomas como ondas de calor e transpiração, os quais ocorrem em geral simultaneamente.

Hipogonadismo Masculino e Apneia do sono
Entenda qual a conexão da apneia do sono e o Hipogonadismo

O hipogonadismo ocorre quando o homem produz pouca testosterona, o principal hormônio masculino. A redução deste hormônio pode estar associada ao envelhecimento, sendo chamada também de distúrbio androgênico do envelhecimento masculino (DAEM) ou de andropausa, embora este último termo não seja o mais adequado. Cerca de um em cada cinco homens (20%) pode ter hipogonadismo após os 40 anos

Todos os médicos agora podem detectar apneia do sono em seus pacientes
Oximetria noturna ajuda na ajuda na detecção e acompanhamento da Apneia do Sono

A Medicina do Sono é uma área de atuação de várias especialidades, incluindo neurologia, otorrinolaringologia, pneumologia, psiquiatria e clínica geral, que abraça muitas especialidades, como cardiologia, endocrinologia e geriatria. Os distúrbios do sono são extremamente comuns, e não existem especialistas suficientes nessa área. Com o exame da Biologix, o médico não especialista em sono, pode facilmente incorporar o diagnóstico de apneia do sono em seu consultório.

Pneumologia e monitoramento de oximetria
Entenda a importância da oximetria noturna para diagnóstico de apneia do sono

A apneia obstrutiva do sono (AOS) é extremamente comum. Em um estudo feito na cidade de São Paulo, com mais de 1000 adultos representativos da cidade de São Paulo, estimou-se que 33% tem AOS. Apesar dos sintomas clássicos serem ronco alto e sonolência diurna, muitos pacientes com AOS não apresentam uma queixa específica. O reconhecimento da AOS é difícil, principalmente no paciente que vai ao seu consultório por uma queixa pulmonar não relacionada. As questões de sono passam facilmente desapercebidas. Qualquer paciente que entre no consultório, quer seja por asma, DPOC ou síndrome gripal, faz parte da população geral e já tem alta probabilidade de ter AOS, independente da história clínica.  A verdade não só brasileira, mas mundial, é que a maior parte dos pacientes seguem sem diagnóstico e sem suspeita diagnóstica.

Você será redirecionado ao Whatsapp.
Por favor, selecione uma das opções abaixo:

Receba o contato do nosso consultor