Menu Close

Pneumologia e monitoramento de oximetria
Entenda a importância da oximetria noturna para diagnóstico de apneia do sono

A apneia obstrutiva do sono (AOS) é extremamente comum. Em um estudo feito na cidade de São Paulo, com mais de 1000 adultos representativos da cidade de São Paulo, estimou-se que 33% tem AOS. Apesar dos sintomas clássicos serem ronco alto e sonolência diurna, muitos pacientes com AOS não apresentam uma queixa específica. O reconhecimento da AOS é difícil, principalmente no paciente que vai ao seu consultório por uma queixa pulmonar não relacionada. As questões de sono passam facilmente desapercebidas. Qualquer paciente que entre no consultório, quer seja por asma, DPOC ou síndrome gripal, faz parte da população geral e já tem alta probabilidade de ter AOS, independente da história clínica.  A verdade não só brasileira, mas mundial, é que a maior parte dos pacientes seguem sem diagnóstico e sem suspeita diagnóstica.

A oximetria noturna de alta resolução é uma ferramenta poderosa que deveria fazer parte do exame de rotina do consultório do pneumologista para screening de apneia e determinação de oximetria noturna. A oximetria permite que todo pneumologista incorpore de forma simples o diagnóstico e o manejo da AOS em seu consultório. A oximetria de alta resolução detecta as dessaturações, fornecendo o índice de dessaturações (IDO) que guarda relação muito grande com o índice de apneia e hipopneia (IAH) da polissonografia. No caso de pacientes com AOS grave, que necessitem de CPAP, existem evidências suficientes mostrando que o CPAP automático por uma semana tem performance semelhante a rotina clássica de titulação de CPAP em laboratório do sono. Os pacientes que iniciam CPAP, podem fazer um segundo exame de oximetria, agora usando o CPAP automático. A dobradinha holter de oximetria e CPAP automático por uma semana em casa, resolve a maior parte dos casos de AOS. Muitos pacientes podem se beneficiar de perda de peso, exercícios físicos, tratamento de obstrução nasal, placa de avanço mandibular, e aí mais uma vez o holter de oximetria ajuda no acompanhamento do paciente.  

Receba conteúdo em primeira mão

A oximetria noturna é útil não só para o diagnóstico e manejo da AOS como também a determinação do tempo de SaO2 < 90% em pacientes com qualquer pneumomatia que apresentem SaO2 abaixo do normal durante a consulta. Outra utilidade é para o paciente em uso de oxigênio suplementar. Via de regra não temos noção se o fluxo de oxigênio é adequado para aquele paciente durante o sono. Portanto, todos pacientes em uso de oxigênio suplementar, quer seja por concentrador ou cilindro, deveriam fazer uma verificação da oximetria noturna.   

Por Dr. Geraldo Lorenzi FilhoPneumologista
Diretor do Laboratório do Sono do Instituto do Coração, InCor
Livre Docente, Disciplina de Pneumologia, Faculdade de Medicina da USP
Diretor Científico da Biologix
Director Sleep Laboratory, Heart Institute
Associate Professor, Pulmonary Division, Faculty of Medicine, University of Sao Paulo, Brazil

Av. Dr Eneas de Carvalho Aguiar, 44, Laboratório do Sono, oitavo andar
São Paulo, SP, Brazil
CEP, Zip Code : 05403-000
phone: + 55 11 26615486 or 26614004
geraldo.lorenzi@incor.usp.br

A Biologix oferece uma plataforma online que permite que profissionais de saúde ofereçam a seus pacientes um exame de apneia do sono simplificado e de baixo custo. A solução é baseada em sensores vestíveis, aplicativos e computação na nuvem.

É de extrema importância o diagnóstico da Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) utilizando a polissonografia como método. Uma opção é o Exame do Sono Biologix, uma polissonografia tipo IV, um exame para se fazer em casa, simples, prático e eficaz, sem a necessidade de dormir em um laboratório do sono.

Saiba mais sobre a nossa solução aqui.

Baixe gratuitamente o e-book:

Veja também

Receba o contato do nosso consultor