Menu Close

Apneia do Sono e Hipoglicemia na madrugada
Saiba qual a relação da Apneia do Sono e Hipoglicemia

Por Dr. Diógenes Freire

A Hipoglicemia, caracterizada por um nível anormalmente baixo de glicose no sangue, geralmente abaixo de 70 mg/dl e sem sintomas perceptíveis., podendo ocorrer durante o sono de um indivíduo e mesmo assim ele não acordar

Essa hipoglicemia pode ser consequência de:

  • Efeitos colaterais dos medicamentos administrados para tratamento do Diabetes;
  • Longas horas de jejum;
  • Exercícios físicos intensos sem dieta adequada;
  • Ingestão de bebidas alcóolicas.

Não tratada, a hipoglicemia tem consequências graves e pode até matar!

Mas qual a relação da Apneia do Sono com a Hipoglicemia? Leia até o fim para saber!

Apneia obstrutiva do sono (SAOS) é uma parada respiratória provocada pelo estreitamento das paredes da faringe. O distúrbio ocorre principalmente enquanto a pessoa está dormindo e roncando. Durante as crises, ela para de roncar por causa do bloqueio da passagem de ar pela faringe. A repetição dos episódios de apneia tem como consequência a menor oxigenação do sangue, o que pode redundar em danos ao organismo.

Uma condição anatômico-respiratória, a apneia do sono, encaixa-se tanto entre as causas quanto entre as consequências do diabetes. O paciente apresenta roncos noturnos pela obstrução da via aérea durante o sono. Um indivíduo cansado, muitas vezes, apresenta menor zelo com sua saúde, que inclui o tratamento de sua doença. Ao mesmo tempo, a nível hormonal, a apneia do sono faz com que hormônios associados ao aumento da resistência das células à insulina sejam liberados no organismo.

Receba conteúdo em primeira mão

O paciente que necessita utilizar insulina em seu tratamento para diabetes, pode sofrer de hipoglicemia na madrugada.

Ao contrário da hipoglicemia que ocorre enquanto o indivíduo está acordado, a hipoglicemia da madrugada tende a ter poucos sintomas, sendo mais perigosa, pois a pessoa pode não perceber e ela durar mais tempo ou ocorrer uma hipoglicemia grave, inclusive levando a consequências mais severas.

Um erro na dose da medicação, até pelo desconhecimento de uma situação como a apneia do sono que pode estar a ocorrer de forma concomitante, ou uma alimentação inadequada podem deixar o organismo do diabético confuso e causar uma queda brusca na glicose, situação que é dedurada por sinais como suor, frio e/ou tremor e confirmada com a monitorização glicêmica capilar ou com o sistema de monitorização contínua da glicose (CGMS).

Em geral, a falta de uma boa noite de sono pode causar problemas de saúde e causar diversas doenças como obesidade, que é fator de risco para a apneia do sono, e diabetes tipo 2 (apneia do sono e diabetes frequentemente coexistem), diminuir a expectativa de vida e influenciar no bem-estar diário.

Por esse motivo é muito importante que o médico realize entrevista clínica detalhada e considere a oximetria noturna de alta resolução para um diagnóstico mais acertado, identificando uma possível apneia do sono e assim trabalhando em um melhor plano de tratamento para o paciente.

Por Dr. Diógenes Freire – Médico
CRM 4231-SE
Instagram:@drdiogenesfreire
Site http://drdiogenesfreire.com/

A Biologix oferece uma plataforma online que permite que profissionais de saúde ofereçam a seus pacientes um exame de apneia do sono simplificado e de baixo custo. A solução é baseada em sensores vestíveis, aplicativos e computação na nuvem.

É de extrema importância o diagnóstico da Apneia Obstrutiva do Sono (AOS) utilizando a polissonografia como método. Uma opção é o Exame do Sono Biologix, uma polissonografia tipo IV, um exame para se fazer em casa, simples, prático e eficaz, sem a necessidade de dormir em um laboratório do sono.

Saiba mais sobre a nossa solução aqui.

Baixe gratuitamente o e-book:

Veja também

Você será redirecionado ao Whatsapp.
Por favor, selecione uma das opções abaixo:

Receba o contato do nosso consultor