Menu Close

5 dicas para uma noite de sono de qualidade
Dicas para melhorar a qualidade do sono

A rotina das pessoas estão cada vez mais agitadas e essa agitação reflete de forma direta no sono. Dormir menos traz inúmeras desvantagens ao corpo e, por isso, é importante conhecer como ter um sono de qualidade.

Antes de começarmos a abordar as dicas, é necessário enxergar alguns dados. 

A Associação Brasileira do Sono (ABS) recolheu dados entre 2018 e 2019 e concluiu que a população brasileira está dormindo cada vez menos, cerca de 6,6 horas por dia em 2018 e 6,4 horas em 2019.

Esses dados preocupam bastante os especialistas, principalmente porque dormir bem traz inúmeros benefícios para a saúde física e mental, interferindo de forma significativa na qualidade de vida e saúde.

Inclusive isso afeta a bucal, tanto para quem possui prótese sobre implante dentário, como para quem tem dentes naturais.

No presente artigo abordaremos sobre a importância de dormir bem e dicas de como manter um bom sono todos os dias.

Os problemas de não dormir bem

Quem não dorme bem traz para si inúmeros malefícios, e não nos referimos apenas aos bocejos e as marcas de olheira que ficam presente nos rosto.

A ausência de um sono de qualidade aumenta de forma considerável as chances do desenvolvimento de doenças, entre as quais podemos citar:

  • Doenças cardíacas;
  • Obesidade;
  • Ansiedade;
  • Disfunções sexuais.

Segundo alguns estudos, quem dorme entre quatro a cinco horas por noite aumenta em até 60% o risco de desenvolver obesidade. Já quem dorme apenas seis horas aumenta 27% esse risco. 

Receba conteúdo em primeira mão

Além disso, o sono desregulado pode interferir nos tratamentos de implantes dentários e desenvolver disfunções como cáries, periodontite e gengivite.

Outro elemento que a falta de sono interfere de forma poderosa é a saúde da pele.

Noites ruins geram, por exemplo, espinhas, ressecamento de pele, quebra de fibras de colágeno, além de rugas e problemas de cicatrização.

Quem dorme menos fica bastante desatento também, por isso, é recomendado que tais pessoas não dirijam. Se alguém dorme apenas 5,5 horas, pode causar acidentes – aumentados em até dez vezes o risco. 

Dessa maneira, vimos que dormir mal causa muitos problemas. Mas, afinal, quantas horas é necessário dormir?

Quantas horas de sono é recomendado?

A quantidade de sono é variável de pessoa para pessoa, isso porque são levadas em consideração suas principais características, como sua necessidade, alimentação e atividades físicas.

Além disso, segundo estudos, quanto maior a idade, menos o tempo de sono.

Uma criança de 2 anos pode ter um sono de até 14 horas por dia, enquanto um adulto com 65 anos descansa cerca de 7 horas por noite. 

Assim, quem também possui tratamentos dentários, sejam eles lente de contato dental ou aparelhos ortodônticos, precisa cultivar horas suficientes de sono, de modo a não ampliar sensações de estresse, interferindo no tratamento.

No tópico abaixo abordaremos algumas dicas para manter uma maior qualidade de sono.

Dicas para melhorar a qualidade do sono

Entendemos, portanto, que é necessário desenvolver uma boa rotina de sono. Porém, muitas pessoas não sabem como fazer isso. 

Confira a seguir dicas que ajudarão você a desenvolver uma rotina de sono de qualidade e com muita eficiência.

  1. Tenha um horário para dormir

Como vimos, uma pessoa deve dormir entre 7 a 8 horas, para que estejamos alertas e com bom estado de espírito. Isso inclui até mesmo dias mais livres, como feriados e fins de semana.

Desta maneira, para ter um sono de qualidade, é preciso ter uma regularidade nos horários para ir deitar e ir dormir. Isso faz com que o corpo se acostume à rotina. 

  1. Desligue os aparelhos eletrônicos

Os aparelhos eletrônicos como smartphones e televisores precisam ser desligados cerca de uma hora antes de ir para a cama, principalmente porque esses componentes estimulam o cérebro – por conta da luz emitida – e prejudicam o sono.

Para isso, usar música ambiente pode ser muito benéfico. Isso porque os sons podem relaxar o cérebro e, consequentemente, contribuir com o sono.

  1. Tenha um ambiente escuro

Para manter um ambiente adequado para relaxar e dormir com qualidade, é necessário um espaço escuro e, caso não goste, recorra ao uso de uma luz indireta, principalmente amarela, pois esta favorece o sono. 

Essa luz indireta pode ser feita com um abajur.

  1. Evite álcool

Algumas pesquisas indicam que as bebidas alcoólicas – quando consumidas antes de dormir – podem prejudicar o sono REM, isto é, a dimensão mais profunda do sono.

É nessa fase que sonhamos e o sono é caracterizado por ser mais profundo, auxiliando no descanso e fortalecimento do corpo.

Desta maneira, é importante evitar esse tipo de bebida antes de dormir.

  1. Evite comidas pesadas

Outro elemento importante é evitar o consumo de comidas gordurosas, pois o processo de digestão dura mais tempo e atrapalha a noite de sono. 

Além disso, evitar esse tipo de comida permite que o clareamento consultório tenha um melhor resultado (como a saúde como um todo), bem como tratamentos faciais/estéticos e a manutenção geral do organismo.

Portanto, entendemos que para manter um sono de qualidade é preciso cuidar da alimentação, evitar bebidas alcoólicas e diminuir o ritmo do trabalho para que o corpo consiga relaxar de forma adequada e segura. 

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Vue Odonto, uma rede especializada em atendimento odontológico com enfoque na humanização.

Compartilhe este conteúdo:

Veja também

Você será redirecionado ao Whatsapp.
Por favor, selecione uma das opções abaixo:

Receba o contato do nosso consultor