Menu Close

 Apneia do sono pode aumentar o risco de doença de Alzheimer e derrame, mostra estudo
Como diagnosticar a Apneia do Sono em seus pacientes

A apneia do sono é um distúrbio do sono caracterizado pela respiração interrompida durante o sono, muitas vezes levando a acordar durante a noite e uma falta geral de sono reparador.

Embora o ronco seja muitas vezes visto como pouco preocupante, uma nova pesquisa mostra que a apneia do sono pode aumentar o risco de derrame, doença de Alzheimer e declínio cognitivo.

A tecnologia pode resolver o problema de subdiagnóstico e tratamento da apneia do sono
Desenvolvimentos tecnológicos para o tratamento dos distúrbios do sono

O sono inadequado e os distúrbios do sono são grandes problemas de saúde global, contribuindo, por exemplo, para a redução da qualidade de vida, aumento dos custos com saúde e licenças médicas. Um dos distúrbios do sono amplamente subdiagnosticado, porém muito comum, é a apneia obstrutiva do sono. Os vários sintomas e efeitos da apneia também incluem doenças cardiovasculares ou comprometimento da memória.

Apneia obstrutiva do sono e Performance do Atleta
O sono é essencial para a preparação do atleta

Por Dr. Diógenes Freire e Malena de Carvalho Correia Nascimento

O sono é reconhecido como um componente essencial para a preparação do atleta e é sugerido como a melhor estratégia de recuperação disponível para um competidor. Visto que, é possível demonstrar através de estudos que o sono tem papel importante para além do repouso, como nas funções metabólicas, psicológicas, imunológicas, e do desempenho cognitivo.  

Aparelho Intraoral (AIO) na prevenção e redução de doenças cardiovasculares (DCV)
Atenção Cardiologistas!

Por Dr. Walter Silva Júnior

O alerta vem de um artigo de revisão conduzido por respeitado grupo de pesquisadores da Austrália e Singapura. Nesse paper, os autores revisaram o “poder” do CPAP na redução dos riscos para DCV nos 3 mais importantes estudos já publicados. O desfecho foi desanimador: o CPAP não mostrou benefícios. Ao revisarem o porquê desse desfecho, a baixa adesão se destaca como a principal.

A apneia do sono piora as doenças cardíacas, na maioria das vezes não tratada
Declaração Científica da American Heart Association

Destaques da declaração:

  • Entre 40% e 80% das pessoas nos Estados Unidos com doença cardiovascular também têm apneia obstrutiva do sono (AOS), embora seja pouco reconhecida e tratada na prática cardiovascular.
  • A apneia do sono pode causar um ciclo negativo, piorando as condições cardiovasculares, que pioram a apneia do sono.
  • AOS afeta 30% a 50% das pessoas com pressão alta e é um fator de risco para fibrilação atrial.
  • A AOS também está associada ao diabetes tipo 2, resultados piores de insuficiência cardíaca e até morte cardíaca súbita.
  • Pessoas com fatores ou condições de risco cardiovascular devem ser rastreadas para AOS com tratamento apropriado, que pode incluir pressão positiva contínua nas vias aéreas (CPAP), aparelhos orais, modificação de hábitos de vida e perda de peso.

Profissional de saúde: já avaliou a qualidade do sono de seus pacientes hoje?
VEM AÍ... SEMANA DO SONO 2023

Todos os anos, entidades e profissionais ligados à saúde do sono promovem, no mês de março, a Semana do Sono — uma campanha de conscientização social sobre a importância do sono para a saúde e qualidade de vida. O evento existe desde 2004 e abrange diversas atividades a nível nacional, que incluem palestras, ações públicas, webinars, divulgação de vídeos, aplicação de questionários e etc.

Apneia Obstrutiva do Sono e doença Cardiovascular
Uma declaração científica da American Heart Association

A apneia obstrutiva do sono (AOS) ocorre em 40% a 80% das pessoas com doenças cardiovasculares, mas é pouco reconhecida e tratada, de acordo com o comunicado American Heart Association, publicada dia 18 de agosto de 2021 no Journal of the American Heart Association.  A apneia do sono ocorre quando uma obstrução das vias aéreas superiores causa episódios repetidos de respiração interrompida durante o sono. Os sintomas incluem ronco, pausas respiratórias, sono fragmentado e sonolência diurna. Em geral, cerca de 34% dos homens de meia-idade e 17% das mulheres de meia-idade atendem aos critérios para AOS. Os fatores de risco para AOS incluem obesidade, grande circunferência do pescoço, anormalidades craniofaciais, tabagismo, história familiar e congestão nasal noturna.

 O sono desempenha um papel importante na saúde do coração
American Heart Association adiciona sono à lista de verificação de saúde cardiovascular

Há mais para manter o coração saudável do que apenas comer direito e se exercitar regularmente, também é preciso dormir o suficiente.

De fato, o sono desempenha um papel importante na saúde e bem-estar geral. Da mesma forma, uma dieta saudável, exercícios regulares e baixo estresse podem promover o tipo de sono profundo e restaurador que é essencial para uma boa saúde cardiovascular.

Síndrome dos ovários policísticos e Apneia obstrutiva do sono
Causa ou associação?

Por Dr. Diógenes Freire

A Síndrome dos ovários policísticos (SOP) é um dos distúrbios endócrinos mais frequentes em mulheres em idade reprodutiva, afetando cerca de uma em cada dez nesse período. Caracterizada por anovulação e hiperandrogenismo, a mesma está associada a múltiplas comorbidades, incluindo obesidade, resistência à insulina (RI), dislipidemia, diabetes gestacional (DMG), diabetes tipo 2 (T2D), hipertensão, doença hepática gordurosa não alcoólica, qualidade de vida prejudicada (QV) e doenças cardiovasculares.

Caso seja um profissional de saúde,
clique abaixo para falar conosco via WhatsApp:

Caso seja um paciente ou prefira enviar um e-mail,
fale conosco no endereço relacionamento@biologix.com.br

Receba o contato do nosso consultor