Menu fechado

Tag: apneia

Sarcopenia e Apneia do Sono
Sarcopenia e Apneia entenda a relação

A apneia do sono e sarcopenia são comuns entre adultos mais velhos, principalmente após os 50 anos, período em que decorre um declínio de várias funções metabólicas e hormonais importantes tanto para o aparecimento da sarcopenia como dos distúrbios do sono. Ambas aumentam com a idade e podem levar a diminuição de atividade física, além de resultar em eventos adversos para a saúde semelhantes como deficiências funcionais, má qualidade de vida e morte.

Seis meses de pandemia: ronco, apneia e distúrbios do sono mais evidentes
Convivendo mais tempo juntas na quarentena, famílias estão percebendo mais problemas ligados à qualidade do sono

E lá se vão seis meses desde que a pandemia de Covid-19 chegou ao Brasil. Nesse período de quarentena, muitas famílias passaram a ficar mais tempo juntas em casa, e alguns “efeitos colaterais” dessa convivência mais intensa começaram a surgir, como os distúrbios do sono. As reclamações sobre familiares que sofrem de ronco e apneia cresceram, como é possível verificar com o aumento da telemedicina para exames do sono em casa.

Apneia do Sono e Obesidade
Entenda a relação entre a apneia e a obesidade

A OMS (Organização Mundial de Saúde) afirma: a obesidade é um dos mais graves problemas de saúde que temos para enfrentar. Em 2025, a estimativa é de que 2,3 bilhões de adultos ao redor do mundo estejam acima do peso, sendo 700 milhões de indivíduos com obesidade, isto é, com um índice de massa corporal (IMC) acima de 30. No Brasil, essa doença crônica aumentou 67,8% nos últimos treze anos, saindo de 11,8% em 2006 para 19,8% em 2018.

Em ano de pandemia, exames do sono Biologix crescem 236%
O número de exames de janeiro a julho de 2019 foram 2.063; este ano, no mesmo período, saltou para 6.932

A pandemia da Covid-19 trouxe um relato muito comum nas conversas do dia a dia: dificuldades para dormir. Esses distúrbios do sono podem ser uma das explicações para o registro de aumento de 236% nos exames Biologix este ano. O diferencial da Biologix é que o paciente não precisa ir até um laboratório, sendo monitorado em sua própria casa.

Apneia do sono em crianças
Entenda o impacto que a AOS tem nas crianças

Apneia obstrutiva do sono (AOS) é um problema que afeta a respiração de algumas crianças durante o sono. Obstrução é um bloqueio na passagem de ar para os pulmões. Apneia quer dizer uma parada na respiração por pelo menos 10 segundos. Uma criança (ou adulto) com apneia obstrutiva do sono tem momentos durante o sono quando o ar não consegue passar pelas vias aéreas superiores e chegar até os pulmões.

Pneumologia e monitoramento de oximetria
Entenda a importância da oximetria noturna para diagnóstico de apneia do sono

A apneia obstrutiva do sono (AOS) é extremamente comum. Em um estudo feito na cidade de São Paulo, com mais de 1000 adultos representativos da cidade de São Paulo, estimou-se que 33% tem AOS. Apesar dos sintomas clássicos serem ronco alto e sonolência diurna, muitos pacientes com AOS não apresentam uma queixa específica. O reconhecimento da AOS é difícil, principalmente no paciente que vai ao seu consultório por uma queixa pulmonar não relacionada. As questões de sono passam facilmente desapercebidas. Qualquer paciente que entre no consultório, quer seja por asma, DPOC ou síndrome gripal, faz parte da população geral e já tem alta probabilidade de ter AOS, independente da história clínica.  A verdade não só brasileira, mas mundial, é que a maior parte dos pacientes seguem sem diagnóstico e sem suspeita diagnóstica.

Fonoaudiologia, ronco e apneia obstrutiva do sono.
Saiba o papel do Fonoaudiólogo no tratamento da Apneia do Sono

A fonoaudiologia e o sono possuem uma relação mais antiga do que se conhece. Desde o final da década de 90 e início dos anos 2000, os profissionais da área de motricidade orofacial, já observavam a relação entre as alterações das estruturas e funções do sistema estomatognático nos indivíduos roncadores e com apneia obstrutiva do sono. Alguns trabalhos publicados nesta época já citavam alterações como: aumento do volume lingual tanto lateralmente como longitudinalmente, aumento da altura do dorso de língua e denteamento de suas bordas, véu palatino e úvula alongados, hiperemiados e edemaciados além de alterações funcionais da mastigação e da deglutição. Entretanto, somente a partir de 2009, com um trabalho publicado na American Journal of Respiratory and Critical Care intitulado “Efeitos dos exercícios orofaríngeos em pacientes com apneia obstrutiva do sono moderada”, com grande repercussão internacional que a fonoaudiologia se consagrou como uma possibilidade de tratamento em pacientes com apneia obstrutiva do sono.

Apneia do sono em idosos
Mudanças que o envelhecimento traz e a relação com a Apneia do sono.

Ao longo do processo de envelhecimento, ocorrem mudanças psicológicas, sociais e físicas. Nas mudanças físicas destaca-se o padrão de sono por estar entre as mais frequentes queixas dos idosos. Mudanças relacionadas à velhice podem ser observadas em diversos níveis da arquitetura e qualidade do sono. Observa-se que, em grande parte desta população, a eficiência do sono e o sono de ondas lentas diminuem; os despertares após início do sono aumentam e há dificuldade para adormecer novamente; os idosos tendem a acordar e levantar mais cedo; necessitam de cochilos breves durante o dia; e, ainda, um aumento do uso de medicações. Em adição, transtornos do sono apresentam-se com alta prevalência entre a população idosa, principalmente insônia, síndrome da apneia do sono e parassonias, como a síndrome das pernas inquietas e os movimentos periódicos das pernas.

Receba o contato do nosso consultor